quarta-feira, 19 de maio de 2010

Separação?!


Efetivamente, este é um tema que gera muita discussão e problemas pela frente. Será que estamos preparados para passar por uma SEPARAÇÃO digo de casal.

Estou passando por um momento muito delicado no casamento, já nao temos mais tanto carinho, amor, so nos falamos aos gritos, a noite é cada um no seu not e vamos dormir. Amanheceu, vamos acordar e trabalhar. A noite decido se visito alguma amiga ou se fico em casa....nao conto nada a família com medo de represálias ou frases: eu te disse, num te falei que nao daria certo. 
Isso pq ele é 20 anos mais velho e tem 2 filhos do casamento anterior....

Imagino a cena, dividindo as tralhas, pois pobre so faz isso divide miserias móveis. Fazendo listinha....chamando caminhão de mudanças....ele chegando na casa da minha mãe...Ai que cena horrível..será que alguém aceitar fazer mudança de noite,....acho que pro RJ é perigoso.

Já tenho uns 5 anos de casada e não ouvi desejo de ter filhos, não ouvi projetos, não ouvi metas, não to vendo mudanças e sim, gritos, desavenças, brigas, reclamações e muito ciúmes, regado a colocar espião no micro...vigiar...reclamar ate da calcinha que uso...Mas ele pode tudo...JÁ DESCOBRI msn falso, e-mail falso, fala q trabalha ate tarde e no outro dia..tudo na mesma....Ano passado tive uma conversa daquelas, falando tudo que meu coração mandava, confesso que até o magoei...pois falei mal ate dos filhos deles. Enfim, falei tudo...e quase um ano se passou e nada mudou. Tudo na mesma e PIOR AGORA, ESTAMOS NUMA DUREZA DA PORRA. 

O engraçado disso tudo é que já estivemos no alto...com dinheiro, viagens, carros, ..agora é churrasquinho entre amigos, viagem só de carona, festa só 0800, final de semana é dia de ficar em casa.

E como miséria pouca é bobagem..não alcancei o tão sonhado sucesso na profissão que escolhi e vivo frustada. Quero mudar, mas nao consigo dar o primeiro passo. 

Gostaria de opiniões de quem já passou por uma separação. 
* Desculpem os erros...mas estou tão tensa.

10 comentários:

luly.bb disse...

OLà querida! nossa q vontade q eu tava de comentar no seu blog!
desde q recebi seu comentario no meu me vi assim. Sabe,e como vc mesma disse so a fe e Deus mesmo para resgatar um casamento do fundo do poco,eu e meu marido estamos da mesma forma,deitamos asistimos tv e dormimos,parecemos dois desconhecidos na cama,na vida em geral...ele nao fala de filhos,quando eu falo ele diz q è bobagem,a final,Deus nao nos criou para ser infelizes mas tbm nao quer q desistamos facil de um casamento,mas e dificil neh amiga??? e dificil escolher a coisa certa.
Olha eu quero mto falar contigo pelo msn ou e-mail pois nao posso contar tudo aki,emta coisa,vamos bater papo um dia????
meu msn: luly.bb@hotmail.com
estou seguindo seu blog e ja esta na minha lista! amei seu recado,espero q sejamos boas amigas e q tudo mude pra melhor e sejamos felizes!!!
besos.
te espero no msn.

Bah disse...

Não sei se sou uma boa pessoa pra dar conselhos rs. Mas eu passo pela mesma situação que vc. Estou casada há 4 anos, nos separamos por vários motivos, mas falta de amor com certeza não foi. É pior se separar gostando ainda da pessoa mas vendo que realmente não dá certo. Mas eu odeio estagnação, odeio empurrar as pessoas pra que as coisas aconteçam. Prefiro ficar sozinha a ter que ser infeliz com alguém do lado só pra dizer que não morri solteira. Hoje não estou divorciada, mas estamos separados. Está sendo bom essa redescoberta. Tb não tenho o trampo dos meus sonhos, mas eu estou fazendo um trabalho de formiguinha mas estou ficando feliz com os meus progressos. Acho que é nisso que vc tem que focar. Até que ponto vale ser infeliz pela omissão de sentimentos? Estar casada é estar em sintonia com a outra pessoa e se isso não funciona com uma parte, algum problema muito grave está acontecendo e pode ter certeza, vai agravar quanto mais se empurra com a barriga.

Se quiser conversar, estamos ai rs

Kisu!

Mulherzinha Sim! disse...

Eu sou a favor da mudança sempre! Claro que elas não são fáceis, mas são necessárias para que a nossa vida progrida em um determinado momento.

Este ano, terminei um namoro de cinco anos. Tenho plena certeza que ele me amava, era um cara romântico, estava sempre disposto a me defender de alguma coisa, era educado... Mas tinha defeitos que me incomodavam extremamente e sei que eles iriam se tornar ainda maiores se um dia a gente se casasse. Mesmo gostando dele, optei por dar um basta nessa relação. Foi difícil? Foi! Mas as coisas entram no eixo. Não existe sofrimento que dure para sempre.

Um outro exemplo que dou quando vejo as pessoas falarem que é difícil se separar é o do meus pais. Eles se separaram quando tinham 15 anos de casamento e eu estava com 13. Para completar, ainda foi a minha mãe que saiu de casa. Passamos por um período difícil em que fomos morar na casa da minha vó, mas novamente a tempestade passou. Um ano depois, a minha mãe conheceu um cara legal e fomos morar com ele. Após nove anos juntos, meu padrasto faleceu. Agora, minha mãe está no terceiro relacionamento e feliz.

A vida da gente é cheia de altos e baixos. A única certeza que temos é a morte. Então, viva! Não perca seu tempo com um relacionamento que você tem plena consciência que não está dando certo. Ele não é o único homem que está "disponível" para você. Vá à luta! Você pode encontrar um outro cara que te faça feliz, que reconheça seu valor, que te dê filhos... Pense nisso!

Desabafando disse...

Eu não posso opinar sobre separação pois nunca fui casada mas creio que se vc está infeliz sinal que algo não vai bem. E aí caberá a ti decidir se quer continuar assim, se pode consertar as coisas, se pode mudar ou que caminho te fará feliz. Nem sempre temos escolhas fáceis pra fazer mas ninguém precisa ser infeliz só por comodismo. Podemos mudar tudo sempre que quisermos.

Desabafando disse...

Você não tem o link de seguidores?

Bia Monteiro disse...

Oláaaa
Primeiramente, adorei teu blog
Descobri ele no blog da minha amiga Desabafando...
Entaum... qdo eu li seu post
Me identifiquei com mtas coisas
Pois eu fui casada há 7 anos...
Mas nossas histórias são bastante diferentes...
Só uma coisa q tenho a falar pra vc...
Uma pergunta em forma de reflexão:
"Ainda existe amor?!"
Pois se existe, ainda há esperança...
Nenhum esforço é em vão qdo amamos...
Pelo amor vale tudo...
No meu caso, meu casamento acabou prq faltou amor...
Aliás, o amor morreu...
Não resistiu as desavenças...
Seja o q for q acontecer na sua vida...
Nunca hesite, nunca decida nada pelo calor da situação...
Torço por vc!
Bjoss e tô seguindo
=)

Sandra disse...

Oi querida!
Entrei aqui para retribuir sua visitinha e me deparei com toda sua sinceridade...
Posso imaginar o que se passa no seu coração. Eu já passei por momentos muito difíceis no meu casamento tb, alguma coisa está registrada no meu blog, mas a maioria das coisas só Deus sabe. E se posso te dar algum conselho é esse, de buscar a Deus neste momento, abra seu coração, conte a ele suas mágoas, sua tristeza, seus sonhos e seus desapontamentos. Peça a Deus sabedoria para agir e se vc quiser lutar pelo seu casamento, peça a Deus para agir. Pode demorar, pode ser difícil, mas tenha certeza, se vc procurar a Deus com sinceridade e confiar nEle de coração, Ele vai te ajudar.
Que Deus te abençoe.
Bjs

Dama de Cinzas disse...

Eu passei por uma separação assim, desgaste total no casamento... No nosso caso a gente não discutia, apenas estávamos habitando o mesmo espaço. Um dia eu disse chega, e foi o fim. Hoje temos até uma relação amistosa, mas certamente fiz a coisa certa. Meu casamento durou cinco anos...

Obrigada pela visita!

Beijocas

Guilherme disse...

Oi,
Li seu relato, nunca fui casado mas poderia dizer que vcs estao na crise dos 5 anos, vc esta sendo testada, mas me diga ambos estao sem paciencia entao nao seria a hora de repensar e ceder um pouco para que se entendam melhor? quando a gente muda, as coisas ao nosso redor tendem a mudar tambem, o importante é vc nunca perder a essencia ne.
Passe la no meu blog, acho que alguns textos, podem te ajudar a refletir sobre tudo isso.

beijpjos

e lembre-se Deus não nos da o fardo maior do que não possamos suportar!!!

Beth Blue disse...

Encontrei seu blog por acaso, como geralmente acontece comigo. E decidi dar palpites! Eu acho que separação não é o fim-do-mundo como muita gente pensa. Pelo contrário, pode ser o início de algo muito bom, uma nova chance que você se dá a si mesma!

Eu vivi isso, então falo por experiência própria. Me separei aos 39 anos e só me arrependo de não ter me separado antes. A separação foi uma das melhores decisões que tomei na minha vida.

Você tem 30 anos e ainda não tem filhos mas já tem este desejo...o marido é mais velho, já teve filhos e esta questão não o preocupa...Já vi essa estória antes em várias amigas, embora não tenha sido o meu caso (tenho um filho de 10 anos). E sei como estas questões pesam em uma relação, principalmente à medida em que os anos passam...

Não te conheço direito, mas só digo uma coisa: não tenha medo de ser feliz. Uma separação muitas vezes é um novo começo...e mudanças são necessárias nesta vida. A gente tem de ter coragem pra largar o que nos faz mal e dar espaço para o que nos faz bem. Quanto antes, melhor!

Mas já escrevi demais...vai lá visitar meu blog pra ler minhas experiências!

um abraço