terça-feira, 25 de maio de 2010

Confusa

Primeiramente, quero dizer que adorei os comentários, nossa como fiquei feliz por receber cada palavra, com tanto carinho e imparcialidade. Adorei! Venham sempre.




Agora voltando ao tema – confusão – realmente eu não tive coragem ainda de me separar, pois ainda existe 10% de sentimentos. Porém eles se confundem com um monte de coisas que se agregam ao casamento: dinheiro, obrigações e costume. Digo pela grana, pois temos muitas contas e fico imaginando a merda que ficarei...pois ele alem de ferrar com meu nome esta numa dureza da p..mas ele esta para receber uma boa grana dentro de 60 dias, então se já ficou na merda por tanto tempo, esperar pra clarear. Ou acham que ele vai pagar o que deve longe de mim? Impossível.

Quanto às obrigações e costume, isso que me deixa também acomodada digamos assim. Visto que terei que sair do nosso apto (q é alugado), separar tudo e pior a rotina. Morro de vergonha só de imaginar vcs lendo isso. Mas estou sendo sincera.

Muitas vezes, sinto-me frustrada já que tenho 30. Queria tanto poder ter filhos, mas com um relacionamento assim, melhor esquecer isso por um tempo.

Confesso, que fiz uma péssima escolha e mais eu com 30 vai ser uma dificuldade para voltar a viver novamente (namorar, sair, tentar arrumar outro companheiro). Poxa já era para estar tudo encaminhado...q raiva.

Gente preciso contar uma coisa....não agüento os cobradores ligando dia e noite pra minha casa e pro trabalho, por causa desse fdp que não pagou nada. Eu com o pouco que tinha pagava contas da casa e pagava as minhas contas pessoais (salão, farmácia, chopp com as amigas, gasolina). Porém é de matar vc tentar ajudar e o cara não fazer nada, digo até faz, mas como não tá ganhando dinheiro fica descontando em cima de todo mundo. E mais o bonitão “duro que nem um coco” ainda compra um celular caro pra kct....P... se ta duro compra um baratinho só pra receber e atender. Mas não...ai q saco.

Ai vou parar por aqui...ja falei muita merda.Desculpem, hoje não consegui organizar minhas idéias e estou em conflito interno.

9 comentários:

Bah disse...

Oi, vou responder o seu e-mail num momento oportuno. Vou esperar as coisas acalmarem aqui e depois te respondo. Hoje o dia foi bastante cansativo para mim. Mas passo aqui pra deixar minha lembrnça.

Kisu!

Mulherzinha Sim! disse...

Menina, fala sério! Você acha que com 30 anos não está a tempo de recomeçar a vida? Tá louca?! Tenho váriasssss amigas nessa idade que ainda nem casaram e estão curtindo horrores. Para você que já teve a experiência, então, vai ser muito mais fácil!

Já te disse que a minha mãe se separou com 35, quando eu tinha 13 e tá aí no terceiro casamento!

Pow, se você vai passar dias de "pindaíba", isso não é motivo pra se desesperar. Afinal, isso poderia acontecer tanto estando com ele ou não.

Sabia que quando eu terminei o namoro em janeiro eu tinha comprado uma moto pro meu namorado no meu nome parcelada em 36 vezes e só tinham 4 prestações pagas?! Isso foi motivo para eu não terminar? Não! Terminei, perdi 2 mil reais para pagar as prestações e IPVA enquanto não arrumei um comprador. Me ferrei? Um pouco! Mas passou... Daqui a pouco as minhas contas vão entrar nos eixos.

Você já deu vários indicios de que seu relacionamento não está valendo a pena, que você não é feliz... Vai ficar arrastando essa corrente por quê?

Beijos

Patricia e Robson disse...

Oie, Adorei receber seu recado e saber que adorou meu blog, obrigada pela visita e de coracao espero poder te ver la mais vezes.
Passei aqui pra conhecer seu cantinho e por um momento fiquei triste.

Triste por saber que vc esta passando por uma fase tao dificil na vida e tbem por sentir que esta tao desanimada por tudo isso, mas DESISTIR jamais....

Voce ainda eh muito nova, ja ouvi cada caso na vida que se eu passar uns 5 pra vc com certeza vai te animar muito.

30 anos? Nossa!!!! Super nova!!! Com a vida comecando.....

Concordo com o comentario da MULHERZINHA SIM, ela tem toda razao.

Nao precisa ir muito longe, eu por exemplo, nao estou gravida do meu primeiro baby com 35?

Entao menina, vc tem pela frente 5 anos pra arrumar um namorado, casar e ter um filho.....rss

Olha minha historia, namorei 6 meses, casei e estou casada ha 14 anos e agora estou esperando meu baby, vc acha que eu iria imaginar que depois de 14 anos casada eu ainda iria ser mae?

Pois eh, tudo eh possivel nessa vida, basta vc querer e ter fe!
Pra DEUS nada eh dificil e nem impossivel, acredite que ainda nao chegou a sua hora e com certeza ela estar por vir ainda.

Bjs e muito forca!!!!!

Paty

Dama de Cinzas disse...

Olha eu acho que hora boa de recomeçar é agora! Não pensa muito nos contras de se separar. Se não existe sentimento, ou como vc diz, só 10%, é melhor mudar tudo...

Beijocas

Nike disse...

Sabe minha amiga. Senti mto sua aflição ao ler seus posts sobre os conflitos do seu casamento...
Não é fácil isso! Vc está casada a 5 anos e já está passando por todos esses transtornos... entendo todos os seus motivos pra não se separar dele, mas, será q vale a pena vc continuar nessa vidinha morna? Sem sal e sem açucar? Será q ele pensa em vc e na sua felicidade?
Engraçado, que nós mulheres pensamos muito antes de por um fim em tudo, mas os homens, pra eles tanto faz se estão casado ou não... Eu abri mão de muitos sonhos por me prender a um casamento falido, pensava em minha filha adotiva, pensava no q as pessoas de ambas as familia pensariam, me apaixonei por outro e deixei de viver um grande amor, pois assim como vc, eu não conseguia dar o primeiro passo e acabar com tudo, afim de viver minha vida e conquistar todos o meus sonhos e hj depois de 19 anos de casada,vivemos na mesma casa, nos falamos pouco, não dormimos juntos, sofro e sofro mto e muitas vezes me pego chorando e lastimando o pq de eu não ter me separado assim q meu casamento começou a ficar em crise e foi tbm no inicio assim como o seu...
Pense bem querida!
Arrume forças e tenha discernimento, busque o melhor pra vc para não sofrer no futuro, pq se hj vc está confusa, amanhã vai se lastimar assim como eu se não resolver isso enquanto é cedo...
Lembre-se de uma coisa...
Vc é nova e está em tempo de dar uma virada na sua vida e recomeçar sim!
VIVA A VIDA MINHA LINDA!
Torço por sua felicidade...
Se precisar de uma palavra amiga, pode me procurar, estarei sempre aqui pra te contar experiencias de minha vida e quem sabe com isso vc poderá tirar proveito de algo pra mudar a sua antes que seja tarde demais...


Beijos no seu coração

luly.bb disse...

Oi amiga,eu entendo vc pq eu estou na mesma situaçao,nao estou pra nada feliz,e quero acabar tudo mas por um lado me sinto acomodada,tipo,seu eu acabar vai ser super dificil me manter sozinha fora q vou ter q começar do zero, fora q nao sei se vou me adaptar a outra relaçao, fora um moooonte de coisas por isso te digo,gostaria mto de falar contigo no msn,e passa o seu assim a gente conversa.besos.
eu tenho 25 anos e ja nao estou feliz,mas ja falei,eu nao aguento por mto tempo mais nao...se nao mudar a coisa aki,eu me mudo!
besos.

Diana Carla disse...

ola estava visitando alguns blogs e parei por aqui!!!

E fiquei relendo estes algumas vezes...
Sempre existe tempo para recomeçar...acredito que enquanto existi vida existe oportunidade de seguir em frente!!!

se cuida!
seguindo*

Desabafando disse...

Acho que nunca é tarde pra recomeçar. Sei que dá medo de mudar e nunca fui casada e não posso opinar sobre esse tipo de situação mas vc não pode achar que é tarde pra se reinventar. Conheço muita gente que com essa idade foi começar uma nova faculdade, foi fazer algo de diferente em sua vida. Não se veja com a vida acabada por conta disso!

Cadinho RoCo disse...

Antes de mais nada tenha calma, respire e deixe que as ideias fluam em você para que possam ficar mais bem assentadas, ajustadas mesmo. Na sequência, não se permita tanto a ficar projetando o que haverá de ser porque no mais das vezes, na posição em que está não chegará a nenhuma conclusão saudável. A propósito, melhor entender como especulação do que solução. Você é uma pessoa que tem o seu mérito, sua força e disposição; por isso não considere a sensação de que já está tarde para se fazer isso ou aquilo, de jeito nenhum. Fique tranquila, resolva com prudência o que tem de resolver e deixe o depois para depois.
Cadinho RoCo