quarta-feira, 9 de março de 2011

Pensamento contraditórios.

Pensamentos contraditórios tomam conta de mim. Sinceramente, vejo meu ex-marido ainda com carinho. Ainda fico pensando como pode um homem ficar casado tanto tempo – 6 anos – casado e não pensar e nem conversar sobre como e quando poderíamos ter filhos.


Ando muito angustiada, já contei há muitos amigos que nosso casamento estava uma merda. Falei isso, pois todos que me conhecem sabem o quanto sou autêntica. Se estou feliz, estou, se estou triste, não consigo disfarçar. Mas, infelizmente, digo infelizmente, pois eu pensei que poderia dar certo. Sabe, eu já sabia do jeito dele, das manias, do jeito super pai com os filhos, contudo eu esperava a mudança que ele me prometeu no inicio do casamento. Embora, elas nunca vieram na sua totalidade.

Por anos engoli a seco, a ajuda incansável aos filhos e a ex-mulher, sendo esta última ‘por debaixo dos panos’, mas mesmo assim eram coisas que ate eu poderia fazer por outra pessoa. Mas ele continuou fazendo tudo a maneira dele. Mais uma vez, na semana retrasada vi o quanto ele foi omisso comigo e continua tendo esta atitude até hoje. Eu emprestei um dinheiro, mas ele pegou mais do que havia pedido. PQP fiquei tão chateada, pois eu falei: porra nem assim ele consegui se conter. Foi demais, e outra, cortaram a luz do apartamento, que merda.

Ainda pouco estava vendo o filme Sexy and City 2 e fiquei pensando naquelas amigas, nos seus relacionamentos..e fiquei pensando, poxa eu gosto dele, mas não dá mais para ficar com ele. Não posso ficar com uma pessoa sem planos, sem perspectivas, só sabe viver pra pagar contas, ajudar os filhos e viver numa mentira...Andar de carrão, com pose de posso tudo e na verdade está duro, não tem nem onde cair morto e mais vive pedindo dinheiro emprestado a um e a outro. É isso não dá. Assim eu não posso viver.

Agora, confesso, ando numa tristeza tão grande – internamente é claro – fico morrendo de inveja das mulheres grávidas, quando vejo uma criança pequena a meu lado fico indiferente, sabe... tô numa raiva de não ter sido mãe mais cedo, de não fazer o que de repente as outras garotas fizeram, tiveram filhos cedo, trabalharam e a vida continuou.....E eu, estudei, trabalhei, casei e daí?! Saco, saco...

Depois volto contando mais...to muito amargurada.

4 comentários:

Pattr!cia disse...

Ai querida, eu até entendo sua vontade de ser mãe, pois eu também tenho essa vontade, mas não entendo se você queria ter um filho desse (ex) marido ou de outro homem.
Poxa ele já foi tão sacana contigo, fico imaginando como ele seria com o filho de vocês.
Sou mais a favor de você sacudir a poeira, se cuidar, se fortalecer e buscar um novo amor.
Um homem disposto a te dar uma familia.
Hoje eu agradeço por não ter tido um filho com meu ex marido que foi mais FDP que o seu.
Hoje tenho a oportunidade de ter um filho, o meu sonhado filho, com um homem que me valorize.
Beijos

Jana disse...

Querida amiga que não sei seu nome....rsrsrsrsrs
Haja mais com a razão... Enquanto vc fica ai nos porques????, vc ja estaria procurando um novo amor que realmente pudesse te dar o carinho que vc quer....
Não fique triste não.....
Não esqueça que quem determina se vai ter filhos ou não somos nós mulheres....
bjs

Sissi disse...

Hum... Que tal agora engravidar de uma vida nova? Você precisa gestacionar uma mudança na sua vida, a coragem de virar a mesa e finalmente ir embora, para que finalmente algo comece a acontecer de fato. Bjs.

Crise dos 30!!! disse...

Sonhadora,

Tudo tem sua hora, não se precipite, se ainda tem dúvidas em relação a ele não tenha filhos com ele. Filho é coisa séria, talvez seja melhor passar essa fase e não fique presa a idade, uma indiana teve um filho com 70 anos... nunca é tarde, principalmente com o avanço da medicina. Dê tempo ao tempo, se cure primeiro e depois poderá pensar em gestar uma nova vida.... força! vc é capaz, coragem e superação está no DNA da mulher! confie, bjos

Clarice
crisedos30chegou.blogspot.com